domingo, 28 de fevereiro de 2010

Miniconto VI- Erótico-Semidesperta



O calor sobe pelas pernas preguiçosas. Poderia abrí-las oferecendo-se ao sol. Retrai-se.
Abria-se antes, ao toque quente das mãos dele.

7 comentários:

angela disse...

Não se abrem mais a nenhum calor?

Eduardo P.L disse...

Diz,

parabéns pelo seu NOVO blog!
Lindo visual, ilustrações coerentes, textos de poetisa e escritora madura, com um frescor juvenil.
Só um palpite, eu tiraria as linhas da moldura da foto do cabeçalho! É simples de fazer e dará mais personalidade ao blog.
Bjs e muito sucesso! Estou linkando.

Dai disse...

Oi, elianne, esse caderno de escritos ainda vai virar livro. Parabéns pelo blog, gostei também da foto do banner - perfeita combinação texto-imagem.

Abraço.

Luma Rosa disse...

Oba!! Mais um lugar para te encontrar!

Um continho maroto!! (rs*) Beijus,

João Menéres disse...

Contos marotos (como diz a LUMA ROSA) em cenário puro.
Óptimo!

FELICIDADES E MUITO SUCESSO!

Regina d'Ávila disse...

Consegui te encontrar..
Clico no seu nome..e não aparece o link do blog...fico perdida...haha
E tem algo picante...fogo..calor.
Adorei!!
Super beijos, amiga,
Regina d'Ávila.

Lia Noronha disse...

Laura: que maravilha reler os seus contos.
Abraços carinhosos pra ti.