sábado, 17 de abril de 2010

Mini conto- arquivo- Enrosco






Enrosco


Sente a mão que toca seu colo, finge dormir. Ele vai deslizando, toca sua mama, o mamilo enrijece. Não dá para fingir sono, geme dengosa. Ele vem e a beija. Ela enrosca as pernas nas dele, prende-o com força, ele finge querer sair mordiscando sua nuca. Ela o solta num movimento brusco. Seguem, agora, num só compasso.

Um comentário:

expressodalinha disse...

E ritmo bate forte...