quinta-feira, 18 de março de 2010

Miniconto IX - Sábado passado





Em pé no salão abafado. Uma mulher se aproxima:
- Vamos dançar?
Antes que eu virasse as costas para meu colega, ele disse:
- Não vá, é homem!
Olhei e vi uma mulher. Fui.
Dançamos duas músicas, suávamos enganchados. Ela deu um beijo no meu pescoço. Senti tesão. Puxei-a para mais perto. Ela disse:
- Vamos para minha casa?
Enquanto eu pensava, emendou com um sorrisinho sacana:
- Pode levar seu amigo.
- Quanto é?
- Depende. Oitenta real, para os dois.
Atravessamos um pequeno jardim. A porta não queria abrir, precisamos forçá-la.
Lá dentro disse:
- Vou tomar um banho. A casa é sua.
Olhei em volta- não havia janelas. Sentamos no sofá forrado com um pano velho. Um não olhava para o outro. Apenas nos largamos ali.
Ela voltou de calcinha fio dental e cheiro de perfume.
Deitamos, os três, numa cama forrada com um lençol estampado com flores.
Não lembro mais nada. Só do calor.
Acordei na rede do canteiro de obras.

Um comentário:

Eduardo P.L disse...

Por onde andam os leitores? Caminhando?