segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Miniconto: Os fardados


Tenta atravessar a rua movimentada. Um camburão para, o motorista faz gesto para que atravesse.
Enche o peito, alonga a coluna, e cruza a rua.
Lembrou dele.
Não olhou para trás, os homens fardados poderiam rir.
Passou o resto do dia empinada.

2 comentários:

Papagaio Mudo disse...

Diga mais, Laura. Muito bom esse miniconto. Abraços! Gustavo.

Diz disse...

Papagaio mudo, muito obrigada. Volte sempre. Abs, Laura