sábado, 10 de julho de 2010

Mini conto- Sábado à noite

Ele riu quando ela disse para o garçom: Para mim, um Martini com gelo e cereja. Só bebe whisky caubói. Sente prazer ao frisar: sem gelo, por favor. No caminho para casa, ela é seu apoio - as pernas trôpegas, a fala exaltada. Na cama, ela se entrega sem desejo, quer dormir antes do amanhecer, que se anuncia. Exausto, ele cai para o lado. O quarto rescende a álcool.

Ela se levanta, vai ao banheiro, come uma maçã e deita- se de costas.

2 comentários:

Lia Noronha disse...

Laura: a indiferença ...o piloto automático ligado em meio a uma hitoria de amor...Amei!!!
Bjus querida.
Um começo de semana maravilhoso pra vc.

Princesa Franciny disse...

bebida e sexo não combinam, rs*

beijos, flor e obrigada pelo passeio no princesa

*